Ano Novo, Carro Novo: Confira os lançamentos mais esperados para 2018!

Ano Novo, Carro Novo: Confira os lançamentos mais esperados para 2018!

15/01/2018 0 Por Simone Kuhl

No ano passado muitas novidades chegaram ao mercado e nesses primeiros meses podemos esperar mais lançamentos em todos os segmentos, desde sedãs a SUV de esportivos.

Veja alguns dos lançamentos.


Conheça 30 modelos que vêm por aí:

1) Fiat Cronos

Um dos lançamentos mais esperados do ano, o sedã do Fiat Argo já teve suas imagens divulgadas. Concorrente direto do VW Virtus, tem diferenças visuais em relação ao hatch inclusive na dianteira, mas mantém plataforma, cabine e equipamentos. Os motores serão o 1.3 e 1.8, com câmbio manual ou automatizado de 5 marchas ou automático de 6 marchas para as versões mais caras. Porta-malas terá mais de 520 litros. O lançamento acontece entre janeiro e fevereiro e o veículo chega para ser destaque entre sedãs premium.

Fiat Cronos

2) Volkswagen Virtus

Junto com o Fiat Cronos, o Virtus é um dos lançamentos mais esperados de 2018. Fruto da plataforma MQB-A0, dividirá componentes com o Polo, de quem deriva, mas com entre-eixos alongado, para maior espaço interno, porém mantendo o conjunto mecânico do 1.6 com câmbio manual e o 1.0 TSI com câmbio automático de 6 marchas. O veículo chega no fim de janeiro e tem como objetivo ser uma das referências entre sedãs compactos premium e um dos líderes dessa categoria.

Volkswagen Virtus

3) Ford Mustang

Após alguns anos de espera, finalmente o Mustang foi confirmado para o Brasil. Importado na versão GT, tem motor V8 5.0 aspirado de 466 cv e câmbio automático de 10 marchas. Veículo fará uma das brigas mais aguardadas para 2018 contra o Camaro. Os veículos, comprados mediante encomenda, chegam ao Brasil no mês de março.

Ford Mustang

4) Honda City

Para concorrer com os rivais VW Virtus e Fiat Cronos, o Honda City terá um leve retoque visual e ganhará equipamentos, como os controles de tração/estabilidade e faróis de LED na versão mais cara. Mecanicamente, manterá o mesmo motor 1.5 e câmbio CVT. Sua chegada está prevista para o primeiro trimestre de 2018.

Honda City

5) BMW X2

Assim que foi apresentado no exterior, a BMW do Brasil já confirmou a chegada do novo SUV ao País em 2018. Mais que um simples X1 coupé, o X2 tem identidade própria, mais esportiva e menos conservadora. O motor será sempre o 2.0 turbo com 192 cv com câmbio automático de 8 marchas. Objetivo é ser o SUV compacto premium mais vendido na disputa entre Range Rover Evoque, Audi Q3, Jaguar E-Pace, Volvo XC40 e Mercedes GLA. Veículo tem previsão de chegada em março.

BMW X2

6) Volvo XC40

Espaçoso, luxuoso e discreto, o irmão menor de XC60 e XC90, já está pré-venda e tem como diferencial os sistemas condução semi-autônoma. Inicialmente, ele será importado apenas em versões com o motor 2.0 turbo de 190 ou 254 cv. Seus concorrentes serão o Audi Q3, BMW X1, Jaguar E-Pace e Mercedes-Benz GLA.

Volvo XC40

7) Volkswagen Tiguan Allspace

Para se posicionar acima do atual Tiguan, o Allspace chegará ao Brasil em versão de 7 lugares e já na nova geração. Era prometido para 2017, mas será lançado apenas em 2018, depois da Argentina. Virá com motor 2.0 TSI e câmbio DSG de 7 marchas. Tem como objetivo rivalizar com modelos de sete lugares como Hyundai SantaFe e Kia Sorento e cobiçar alguns clientes até mesmo das versões de topo de Jeep Compass e Chevrolet Equinox.

Volkswagen Tiguan Allspace

8) Jaguar E-Pace

O irmão menor do F-Pace já foi confirmado para o Brasil e tem até preços. Custa de R$ 195.400 a R$ 278.080, sempre com motor 2.0 turbo a gasolina (249 cv ou 300 cv, dependendo da versão) e câmbio de 9 marchas. Ele já pode ser encomendado, mas as entregas acontecem apenas a partir de abril de 2018. A meta é fazer do E-Pace o carro mais vendido da Jaguar no Brasil, já em 2018.

Jaguar E-Pace

9) Honda Civic Si

As vendas começam no início de 2018, mas os exemplares devem ser entregues só no final do 1º semestre, ainda sem preço divulgado. Além das novidades estruturais e de carroceria da décima geração, lançada no ano passado, o novo Si traz como principal chamariz as alterações na mecânica. Trata-se do primeiro Civic Si com motor turbo desde o lançamento da versão – em 1984, na terceira geração do modelo.

Honda Civic Si

10) Chevrolet Spin Activ

Vivendo praticamente sozinha no segmento de minivans, a Spin terá um facelift bem próximo do que ganhou o Cobalt. Novo design, incluindo mudanças efetivas na dianteira e lanternas duplas na traseira, e retoques no interior garantirão uma sobrevida a esta já veterana de nosso mercado. Mecânica não deverá mudar, mantendo o 1.8 8V com câmbio manual ou automático de 6 marchas, além da opção de 7 lugares.

Chevrolet Spin Activ

11) Chery Tiggo 2

O lançamento do hatch aventureiro estava certo para algum momento de 2017, mas a compra de metade da operação brasileira da Chery pela Caoa adiou os planos. Mas de 2018 não passa, uma vez que o modelo já é produzido em caráter experimental em Jacareí (SP) e será o primeiro produto desta nova fase da Chery no País. O motor deverá ser o mesmo 1.5 do Celer, de 115 cv, ligado ao câmbio manual de 5 marchas. Outros modelos serão lançados acompanhado tal movimento, em especial no segmento de SUVs.

Chery Tiggo 2

12) Peugeot 5008

Com estreia no primeiro semestre, o SUV grande virá como parte da estratégia da Peugeot de melhorar sua percepção entre os brasileiros. Assim como o Tiguan, o objetivo é rivalizar com modelos de sete lugares do mercado. Será o topo da linha Peugeot no Brasil, acima do 3008. O 5008 é um SUV de sete lugares com 4,64 metros de comprimento, o maior da fabricante.

Peugeot 5008

13) Honda CR-V

Antiga promessa da Honda, o SUV médio chegará ao País para concorrer com o Peugeot 3008, Chevrolet Equinox e Jeep Compass. Segundo a Honda, será vendido apenas na versão Touring, de topo, com o motor 1.5 turbo de 192 cv e diversos itens de segurança e conforto. Veículo tem previsão de chegada no primeiro semestre.

Honda CR-V

14) Ford Ka

Se o Fiesta recebeu apenas um tapa visual, a Ford reserva mais do que isso ao Ka. Visualmente, pouco mudará, mas o modelo deverá adotar o 1.5 Dragon nas versões mais caras e câmbio automático de 6 marchas para brigar mais parelho com Chevrolet Onix e Hyundai HB20 automáticos e se manter entre os carros mais vendidos do Brasil.

Ford Ka

15) Citroën C4 Cactus

Já trabalhando com o SUV em testes no Brasil, a Citroën não esconde que seu principal lançamento de 2018 será o C4 Cactus, o veículo é a grande promessa da marca e será seu passaporte de entrada para mercado de SUVs. Irmão de projeto do Peugeot 2008, terá versões 1.6 aspirada e 1.6 THP (turbo e injeção direta), com design correspondente ao da versão recém-reestilizada na Europa.

Citroën C4 Cactus

16) Kia Rio

Com o Rota 2030, a Kia espera voltar aos bons tempos. Entre os planos, finalmente a chegada do Rio é esperada nesse ano. Nas variantes hatch e sedã, o Rio entrará na briga com VW Polo e Fiat Argo (ou Virtus e Cronos) e usará o mesmo conjunto mecânico do Hyundai HB20, com o motor 1.6 e câmbio manual ou automático de 6 marchas

Kia Rio

17) JAC T70

Chamado de S7 na China, o SUV vem no segundo semestre para ocupar o topo da gama da JAC brasileira, que já avisou que irá investir nesta linha de produtos (SUVs). Com porte do Jeep Compass, deve brigar na mesma faixa de preços, mas com mais equipamentos e sete lugares.

JAC T70

18) Jeep Wrangler

A nova geração do utilitário é a mais desmontável (e versátil) já produzida em toda a história do modelo. Para o Brasil, a marca diz ainda não ter definido data exata de importação, mas sua chegada está prevista para o segundo semestre. O veículo ficou mais leve, ganhou opção de motor 2.0 turbo e itens como sistema multimídia e diversas portas USB pelo carro.

Jeep Wrangler

19) Lamborghini Urus

Não tinha como esperar menos do SUV da Lamborghini. O Urus foi finalmente revelado e é um monstro, assim como os esportivos da marca. Entrega 650 cv em um motor 4.0 V8 biturbo e interior luxuoso para quatro ocupantes. Pelas mãos de importadora independente, deve chegar ao Brasil na época do Salão de São Paulo. Como missão o veículo deve dobrar as vendas anuais da marca já em 2019 (segundo ano de mercado), indo ao patamar de 7 mil unidades — metade dele, metade com o “resto dos esportivos”.

Lamborghini Urus

20) Porsche Cayenne

O SUV alemão ganhou nova geração e, como um dos Porsche mais vendidos do Brasil, alternando com o Macan na primeira posição, não poderia deixar de ser trazido para cá. Agora, ficou mais espaçoso, potente e leve, além receber um estilo que puxa mais para o 911 do que nunca. A versão híbrida também é esperada. O objetivo da marca é renovar a proposta de um produto consolidado e manter a fidelização de diversos clientes. O veículo também deve aparecer no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro, com vendas previstas para logo em seguida.

Porsche Cayenne

21) JAC T20

De acordo com fontes do mercado, novo modelo chegará ao Brasil no segundo semestre de 2018, com apelo aventureiro e por preço acessível. O JAC T20 é conhecido na China como S2 Mini e vai concorrer com modelos com Renault Kwid, Fiat Mobi Way e Volkswagen Cross Up!

JAC T20

22) Mercedes-Benz Classe X

A picape média da Mercedes aguarda apenas o inicio da produção na Argentina para chegar ao Brasil. Dividindo plataforma com a Nissan Frontier e Renault Alaskan, se posicionará em uma linha superior do segmento, com preços, acabamento e equipamentos mais premium. Terá inclusive uma versão V6 a diesel exclusiva para ela, além das 2.3 diesel também oferecidas nas irmãs de projeto. O veículo deve aparecer no Salão do Automóvel, em novembro.

Mercedes-Benz Classe X

23) Mitsubishi Eclipse Cross

Muitos lamentaram que o Eclipse reencarnou como um SUV. Mas, ao menos, o teremos no Brasil, complementando a linha SUV da marca, composta por Outlander, ASX e Pajero. O veículo tem como objetivo ser mais uma opção de SUV médio com tração 4×4 e aumentar o line-up de utilitários da marca, reconhecida por sua capacidade off-road. E é outro que pode aparecer no Salão de SP.

Mitsubishi Eclipse Cross

24) Renault Alaskan

Irmã de plataforma da Nissan Frontier e da Mercedes Classe X, a Renault Alaskan chegará para ser a primeira picape média da marca (acima da Oroch) e pretende conquistar compradores da S10, Ranger, Hilux, L200 Triton e Amarok, entre outras. Será a principal atração da marca no Salão de São Paulo, em novembro de 2018.

Renault Alaskan

25) Toyota Yaris

A Toyota não vai mexer no Etios para brigar com Polo e Argo. Em vez disso, aproveitando a mesma plataforma, trará finalmente o Yaris ao Brasil. Fabricado em Sorocaba (SP) e esperado no final do ano, terá posicionamento entre o próprio Etios e o Corolla, principalmente quando for lançada a versão sedã (ainda não confirmada, mas já dada como certa). O motor deverá ser o 1.3 e 1.5, do Etios, com câmbios manual de 6 marchas ou CVT. Também há possibilidade de usar o 1.8 do Corolla nas versões mais caras.

Toyota Yaris

26) Volkswagen Jetta

A nova geração do sedã será mostrada no Salão de Detroit. Após isso, seu lançamento no Brasil é questão de tempo, principalmente por continuar a ser produzido no México, de onde já foi importado para cá. Será bem maior que a geração atual, até para se distanciar do Virtus, modelo do qual herdará muitas soluções de estilo, como a terceira janelinha lateral e a linha de teto curva. Manterá o motor 1.4 TSI nas versões de entrada, mas com mais potência e câmbio de 8 marchas (contra 6 do atual). Já a versão 2.0 TSI passará a 230 cv.

Volkswagen Jetta

27) Volkswagen T-Cross (Projeção)

A Volkswagen finalmente vai entrar na briga de Honda HR-V, Hyundai Creta e cia. O SUV compacto T-Cross, baseado na plataforma MQB do Polo, é uma promessa da marca para o segundo semestre de 2018, com possível aparição no Salão de São Paulo de 2018. Deverá usar os motores 1.6 e 1.0 TSI, como o Virtus.

Volkswagen T-Cross (Projeção)

28) VW Amarok V6

Com entregas previstas em fevereiro a mais potente das picapes médias é equipada com motor 3.0 V6 turbodiesel, de 225 cv e 56,1 kgfm (disponível a 1.500 rpm). Na pré-venda, a procura no site oficial do modelo foi tão intensa que as reservas esgotaram em apenas 1 dia (450 unidades). Por fora, a novidade é identificada apenas pelo emblema ‘V6’ na grade dianteira e na tampa na caçamba. O propulsor vem associado ao câmbio automático de 8 marchas, com tração integral 4Motion. A aceleração de 0 a 100 km/h acontece em 8 segundos.

VW Amarok V6

29) Lifan X70

Os chineses reafirmaram a intenção de trazer dois novos utilitários ao País em 2018, completando sua linha de crossovers. O primeiro deles já é conhecido, o X80, modelo topo de linha que foi apresentado aos brasileiros durante o Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro passado. Em seguida será a vez do X70, ainda inédito, que chegará posicionado entre o X60 e X80, previsto para o segundo deste ano. O X70 é um projeto totalmente novo. Segundo representantes da marca, é construído sobre uma nova plataforma global e é o primeiro da Lifan a utilizar tração integral permanente.

Lifan X70

30) Ford EcoSport 4×4

O Ford EcoSport com tração 4×4 chegará ao mercado no primeiro trimestre de 2018. O Ford EcoSport 4×4 séra vendido na versão Freestyle equipada com motor 2.0 e câmbio automático de seis velocidades. O motor 2.0 Duratec Direct Flex tem injeção direta de combustível e duplo comando variável de válvulas. O propulsor rende potência de 170 cv a 6.500 rpm e 20,5 kgfm de toque a 4.500 rpm com gasolina. Já com etanol no tanque, a potência é de 176 cv a 6.500 rpm e 22,5 kgfm a 4.500 rpm.

Ford EcoSport 4×4

Veja também quais foram os carros mais vendidos em 2017