Dirija de maneira segura e esteja preparado para imprevistos!!!

A pressa e a falta de atenção são grandes inimigos na hora de dirigir.

Além disto, outros fatores podem causar acidentes, por isso neste artigo vamos listar algumas dicas importantes para uma direção segura e para se preparar em situações de emergências.

Primeiro assista esse vídeo que mostra como reagir em situações adversas no trânsito ou na estrada.


Na direção defensiva, o motorista consegue antecipar as situações de risco, evitá-las ou pelo menos se distanciar delas, preservando sua segurança e a de seus passageiros.

Confira as dicas abaixo:

1. Cinto de segurança: A utilização do cinto de segurança é imprenscindível por todos os ocupantes. Não utilize presilhas nos cintos de segurança. Mantenha o cinto de segurança em boas condições de conservação.

2. Acenda os faróis: Antes de mais nada, é muito importante manter o farol baixo acesso. Isso aumenta a visibilidade do veículo tanto para os outros motoristas quanto para os pedestres. E lembre-se: nunca ligue o pisca-alerta quando estiver em movimento.

3. Comportamento: Dirigir em zigue-zague, ultrapassar pela direita, seguir pelo acostamento nos congestionamento, andar colado ao veículo dianteiro e fazer “guerra” de faróis à noite são atitudes que abrem caminho para acidentes. Não agir dessa forma é evitar uma tragédias.

4. Reduza a velocidade: Em pistas molhadas, o ideal é andar mais devagar, uma vez que a água da chuva misturada à sujeira e ao óleo que se acumulam nas vias tornam mais fácil ocorrerem derrapagens. Ao reduzir a velocidade, uma área maior da banda de rodagem do pneu estará em contato como piso, garantindo maior aderência.

5. Mantenha distância: Com menor aderência, pisos escorregadios exigem uma distância maior para frear o veículo. Por isso, é recomendado manter uma distância segura do veículo à frente sob chuva.

6. Verifique as palhetas do limpador: O limpador do para-brisa é um dos seus melhores amigos em dias chuvosos. A borracha em bom estado garante uma limpeza adequada do vidro, melhorando a sua visibilidade. Por outro lado, se estiver desgastada ou ressecada, irá apenas espalhar a água ou ainda embaçar o vidro, comprometendo seriamente a visão do motorista do que está à frente do veículo. Em geral, recomenda-se a troca das palhetas uma vez por ano ou quando notar necessidade.

7. Observe também o reservatório do limpador: Além das palhetas, gaste mais alguns minutos verificando se o reservatório do limpador do para-brisa está cheio. Existem produtos específicos para isso que evitam que o vidro fique engordurado, melhorando a visibilidade. Alguns especialistas não recomendam usar detergente de cozinha, pois ele pode manchar o vidro ou até a pintura.

8. Mantenha em dia calibragem, alinhamento e balanceamento: Esses cuidados asseguram que o pneu tenha uma área adequada de contato com o piso, favorecendo o escoamento da água pela banda de rodagem.

9. Verifique os sulcos dos pneus: Além de renderem multa, os pneus carecas são extremamente perigosos – ainda mais sob chuva. Por isso, vale a pena checar a profundidade dos sulcos.

10. Ar-condicionado no vidro embaçado: Assim que começar a chover, você pode manter o ar-condicionado ou o ventilador ligados o tempo todo em baixa velocidade e baixa temperatura. Isso deve evitar que os vidros fiquem embaçados. Contudo, se já estiver com a visibilidade comprometida, a dica é ligar o ar-condicionado em uma temperatura mais quente. O importante é nunca limpar o vidro com as mãos, pois a gordura dos dedos só vai piorar. Use sempre um pano limpo para fazer isso. Você também pode deixar as janelas um pouco abertas para facilitar a circulação do ar.

11. Aquaplanagem: Se o veículo perder contato com o asfalto e começar a deslizar, o que é chamado de aquaplanagem, jamais freie o veículo ou faça movimentos bruscos no volante. Deixe que o carro reduza a velocidade gradativamente apenas parando de acelerar. Isso tende a fazer com que os pneus retomem a aderência com o piso e o motorista volte a ter o controle da direção.

12. Não tente passar por áreas alagadas: O ideal é que a altura da água não ultrapasse a metade da altura dos pneus do veículo. Porém, o mais importante é não tentar passar se tiver dúvidas sobre a altura da água. Você pode ficar preso no meio do caminho ou ainda ser surpreendido por mais água se acumulado por baixo do carro enquanto tenta atravessar o local. Se a água entrar no motor, ocorrerá calço hidráulico e o prejuízo será grande, pois trata-se de um reparo caro, além do gasto com higienização se a água entrar na cabine. Mesmo assim você quer encarar? A dica é colocar o veículo engatado em primeira ou segunda marcha e manter uma velocidade constante – aproximadamente 15 km/h – até terminar o trecho alagado. Se o veículo morrer, não tente ligá-lo. Coloque em ponto morto e empurre até um local seguro para ser guinchado.

13. Serras, pontes e túneis: Nas serras, use a mesma marcha para descer e para subir — e nunca a “banguela”. Pontes em nível um pouco acima do da estrada impossibilitam ver adiante. Então, reduza pelo menos um pouco a velocidade para evitar surpresas. O mesmo vale para túneis, mas por conta da diferença de luminosidade.

Atenção Motoristas!!!

Para Condudores de Carros

  • Respeite os cruzamentos com semáforos e demais sinalizações.
  • Mantenha a manutenção periódica e preventiva do veículo sempre em dia.
  • Não conduza o veículo depois da ingestão de bebidas alcoólicas.
  • Respeite os limites de velocidade fixados pela regulamentação da via.
  • Utilize corretamente os retrovisores.
  • Não trafegue pelo acostamento.
  • Segure o volante com as duas mãos.
  • Mantenha a atenção no trânsito e não se distraia com conversas paralelas, som alto, celular, etc.
  • Aguarde sempre uma condição permitida e segura para fazer uma ultrapassagem.
  • Mantenha a posição correta ao dirigir, reduzindo o desgaste físico e aumentando a sua segurança.
  • Sob neblina, reduza a velocidade e use a luz baixa do farol.
  • Evite colisões, mantendo distância segura.
  • Mantenha sempre um saquinho de lixo dentro do veículo.
  • Não jogue lixo na via, nos terrenos baldios ou na vegetação à margem das rodovias.

Para Condudores de motocicletas e ciclomotores.

  • Mantenha o farol aceso quando em circulação, seja de dia ou de noite.
  • Instale e utilize corretamente os retrovisores.
  • Utilize viseiras ou óculos de proteção.
  • Realize ultrapassagens sempre pela esquerda.
  • Use SEMPRE o capacete de segurança, seja condutor ou passageiro.
  • Não circule entre faixas de tráfego.
  • Não trafegue pelo acostamento.
  • Respeite os limites de velocidade fixados pela regulamentação da via.
  • Segure o guidom com as duas mãos.
  • Não circule sobre as calçadas das vias urbanas.
  • Mantenha a manutenção periódica e preventiva sempre em dia.
  • Respeite os cruzamentos com semáforos e demais sinalizações.

Hora da emergência

Nossa intenção sem dúvida é prevenir situações de risco, mas caso aconteça algum imprevisto, você sabe como se comportar em uma situação de emergência?

Você anda preparado para dar suporte à sua família?

Veja no vídeo abaixo alguns itens básicos que precisamos ter conosco em caso de imprevistos.


Para finalizar, confira alguns importantes acessórios de segurança no carro:


Quer Receber Dicas que te Ajudarão a Economizar com o Carro ao longo do Mês?

Se Inscreva no formulário abaixo para Receber as Dicas diretamente em seu Email e Descubra Como tornar o seu Carro menos Gastão!

Compartilhe