LOGO-SERRAF

PEÇAS DE MOTOR: A EVOLUÇÃO DOS MOTORES.

PEÇAS DE MOTOR: A EVOLUÇÃO DOS MOTORES.

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
pecas-de-motor

PEÇAS DE MOTOR: A EVOLUÇÃO DOS MOTORES AUTOMOTIVOS.

Que a tecnologia evolui a cada ano não temos dúvidas, frequentemente vemos por aí novidades e inovações tecnológicas que surgem para melhorar os mais diversos processos e atividades. No setor automotivo não é diferente, muitas mudanças e tecnologias são responsáveis pelo desenvolvimento do setor. Mas você sabe o que mudou e o que continua do mesmo jeito quando o assunto é peças de motor?

Hoje vamos falar sobre a evolução dos motores automotivos, iremos revisitar sua história e evolução, bem como falar um pouco sobre o futuro. Além disso, vamos explorar como essa evolução impactou na produção de peças de motor e as rotinas dos profissionais de reparação automotiva.

Evolução dos motores

A evolução dos motores a combustão é um processo contínuo e fascinante desde a sua invenção no final do século XIX. A invenção do primeiro veículo movido a gasolina foi um grande marco para todo o setor automotivo.  Ao longo dos anos, houve uma série de avanços e melhorias significativas, que contribuíram para tornar tanto os motores, quantos as peças de motor mais eficientes, potentes e ambientalmente amigáveis.

Algumas das mais notáveis etapas do processo de evolução dos motores a combustão incluem:

  • Motores a combustão interna de quatro tempos: Os primeiros motores a combustão interna utilizavam o ciclo de dois tempos, no entanto, o alemão Nikolaus Otto patenteou o motor de quatro tempos em 1876, que se tornou a base para a maioria dos motores a gasolina modernos.
  • Uso de gasolina: Os primeiros motores utilizavam combustíveis líquidos como querosene. Mas, a gasolina logo se mostrou mais adequada, em vista de sua capacidade de gerar maior potência por litro.
  • Válvulas e comando de válvulas: A introdução de válvulas de admissão e escape, juntamente com sistemas de comando, permitiu um melhor controle do fluxo de ar e combustível no motor. Por conseguinte, isso resulta em um aumento da eficiência e potência.
  • Ignição por faísca: O desenvolvimento de sistemas de ignição por faísca, como velas de ignição, tornou a partida do motor mais fácil e consistente.
  • Sistemas de alimentação de combustível: Devido aos avanços em carburadores e injeção eletrônica, tornou-se possível alcançar uma melhor mistura de ar-combustível e, consequentemente, melhor eficiência do motor.
  • Turbocompressores e supercompressores: A introdução de turbocompressores e supercompressores permitiu aumentar a potência dos motores a combustão, fornecendo mais ar para a câmara de combustão.
  • Controle eletrônico do motor (ECU): O uso de sistemas de controle eletrônico do motor, conhecidos como Unidades de Controle Eletrônico (ECU). Este sistema monitora e ajusta vários parâmetros do motor em tempo real, otimizando o desempenho, a economia de combustível e reduzindo emissões.
  • Tecnologias de redução de emissões: Com a crescente preocupação com o meio ambiente, foram desenvolvidas várias tecnologias para reduzir as emissões dos motores a combustão. Entre elas estão os conversores catalíticos, sistemas de recirculação de gases de escape (EGR), sensores de oxigênio e outros dispositivos minimizam a poluição.
  • Híbridos e elétricos: Com o avanço da tecnologia, surgiram os veículos híbridos e elétricos, que combinam motores a combustão interna com motores elétricos ou operam exclusivamente com propulsão elétrica. Essa evolução representa um passo significativo em direção à redução da dependência de combustíveis fósseis e das emissões de gases de efeito estufa.

Resultados dos avanços

Os significativos avanços possibilitaram um melhor gerenciamento do uso de combustível, bem como a automação em processos de produção. Além disso, ao longo dos anos, os componentes e peças de motor se tornaram mais leves, resultando em motores mais eficientes e resistentes a altas temperaturas. Essas melhorias também levaram à diminuição de variações, imperfeições e folgas no sistema.

Evolução das peças de motor.

Antigamente, os componentes e peças de motor, como o bloco do motor, bielas, cabeçotes e pistões, eram produzidos em ferro fundido. No entanto, graças aos avanços nas capacidades mecânicas e nos processos de metalurgia, houve um impacto direto na produção de peças e motores. Atualmente, esses avanços permitiram a adoção de materiais mais leves e resistentes, resultando em motores mais eficientes e de melhor desempenho.

Algumas das evoluções em peças de motor são:

Bloco do Motor: é o elemento fundamental para a estrutura do motor, deixou de ser produzido em ferro fundido, passando a ser produzido em alumínio. Essa mudança trouxe diversas vantagens para todo o conjunto mecânico. O alumínio é mais leve, tem melhor usinabilidade e menor resistência a ganho de temperatura, isso permite um bloco mais leve e com menos juntas.

Virabrequim e Bielas: Para produzir o conjunto de virabrequins e bielas utilizavam ferro fundido, o que resultava em peças pesadas e com baixa resistência. Atualmente utilizam em uma liga de ferro cinzento e nodular (Fe), silício (Si), carbono (C) e Cromo (Cr).

Cabeçote e Pistão: Utilizavam ferro fundido, no caso do cabeçote, isso implica em uma dissipação ineficiente da alta temperatura gerada, além de sobrecarregar o bloco do motor. Já o pistão produzido em ferro fundido, não resistia a altas taxas de compressão. Agora, essas peças de motor receberam ligas de alumínio e antimônio, assim reduzindo suas massas e melhorando as propriedades mecânicas.

Válvulas de motor: As válvula regulam a entrada da mistura ar-combustível e a saída dos gases. Atualmene são produzidas com materiais de ligas refratarias para reduzir o desgaste e uma maior dissipação e resistência a altas temperaturas.

O futuro do motor automotivo

A evolução dos motores a combustão é um processo contínuo, com pesquisas e inovações em andamento para tornar os componentes e peças de motor ainda mais eficientes e sustentáveis. Entretanto, o desenvolvimento de tecnologias alternativas, como veículos elétricos e células de combustível, também está desempenhando um papel importante no futuro da mobilidade.

A Serraf acompanha todas as mudanças e evolui junto com o mercado automotivo, acompanhando as tendências e as novas tecnologias que afetam nosso universo. Tudo isso, com o objetivo de oferecer sempre o melhor serviço, atendimento especializado e peças de motor compatíveis com as atuais tecnologias de fabricação. Então lembre-se, seja peça de motor, freio ou suspensão a Serraf é sua melhor opção, fale com um de nossos especialistas.

Compartilhe nas mídias:

Comente o que achou:

SEJA NOSSO

CLIENTE

Clique Aqui